Corupá 19, 20, 21 de abril de 2008

Privilegiada na parceria natural entre morros e montanhas,Corupá, que na língua indígena quer dizer “lugar de muitas pedras”. Indicou nossa porta de entrada para a rota das cachoeiras.

Seguindo na estrada Rio Novo Alto uns 14 km do centro da cidade, chegamos no camping Família Conrad com atendimento muito especial, nos sentimos praticamente em casa, sem falar do pessoal muito amistoso que também estavam no camping e os visinhos que frequentavam a vendinha sediada no local, conseguimos tudo que era preciso para nosso final de semana de caminhadas.

O camping está a 10 minutos de caminhada da entrada
do Parque Ecológico Emílio F. Battistela, a região esta coberta por generosas áreas remanescentes de floresta mista. Dividindo a mesma cena, a bananicultura preenche a outra metade do horizonte, Corupá é considerada a maior produtora de banana no estado e uma das maiores cidades produtoras do Brasil.

Mesmo com a chuva que não afastou nosso espírito de aventura, caminhamos em busca da famosa pedra da Cabeça de Tigre nas proximidades. Todos os lugares são ótimos para se aventurar de bike, também existem muitas áreas para camping avançado dentro das matas selvagens pelo caminho.

Salto Grande

O parque, principal atrativo turístico da região, mostra numa seqüência 14 lindas cachoeiras sendo que ao longo das 14 quedas, a última a 14° guarda uma agradavél surpresa. Conhecida como salto grande é a maior, com 125 metros de queda livre.

Telefone do Camping Família Conrad é (47) 9125-7843, mas ligue antes, porque não tem sinal, o único que funciona é o do camping porque é rural. Para chegar ao parque e ao camping você pode seguir pela BR_ 280 entre os kms 84 e 85. São 5 kms até o bairro Rio Novo Alto.

Para visualizar a galeria de fotos completa, clique aqui!